Como fazer polinização manual de abóboras

A polinização manual das flores de abóboras pode ser necessária quando as circunstâncias não são favoráveis aos insetos polinizadores. Veja como se faz.
Polinização manual de flores de Abóbora
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Para fazer a polinização manual de abóboras deve ter em conta que a mesma planta carrega flores masculinas e flores femininas em lugares diferentes. A flor masculina distingue-se por se apresentar no topo de um talo fino e rígido, com a altura de um a dois palmos consoante o vigor das folhas da planta.  Já a flor feminina aparece na ponta de um fruto pequeno e imaturo que é o ovário.  Se porventura for fecundada desenvolve-se formando a abóbora. O número de flores masculinas é sempre maior do que as femininas. Em ambos os casos, só estão abertas durante um dia. Abrem ao amanhecer e fecham-se no início da tarde. Este conhecimento é importante se desejar fazer a polinização manual.

Flor masculina de Abóbora
FLOR MASCULINA
Flor Feminina de Abóbora
FLOR FEMININA

Flor masculina e feminina de Abóbora
FLOR FEMININA E MASCULINA

Porque fazer a polinização manual?

Normalmente a polinização das abóboras é feita pelos insetos, sendo as abelhas os principais polinizadores. Contudo, as condições climatéricas podem ser desfavoráveis aos polinizadores no período em que ocorre a fecundação. Nesses casos, a polinização manual pode assegurar a viabilidade produtiva.

Identificação das flores

Identifique visualmente as flores masculinas e femininas que estão ainda fechadas e irão abrir no dia seguinte. A cor ajuda a identificar essas flores. Nesta fase elas apresentam uma cor amarelo suave.

Deve “proteger” essas flores se não desejar que haja cruzamentos com outras variedades. Isso pode ser feito por fechar as pétalas e atá-las suavemente com um fio de lá. Deixe-as assim atadas até ao dia seguinte.

Flor masculina de Abóbora atada com fio
Flor feminina de Abóbora atada com fio

Polinização manual

O período ideal para fazer a polinização manual das abóboras é nas primeiras horas de manha seguinte. Selecione uma flor masculina e desprenda-a do ramo. Se a atou com o fio de lã, deve agora desata-la. As pétalas das flores masculinas devem ser totalmente retiradas, para que os estames fiquem expostos.

Desate a flor feminina se for o caso. Com suavidade, leve as anteras da flor masculina a tocarem no estigma das flores femininas. Certifique-se que elas libertam uma boa quantidade de pólen. Uma flor masculina pode polinizar várias flores femininas.

Retirar pétalas a flor masculina de Abóbora
RETIRAR PÉTALAS FLOR MASCULINA
FECUNDAÇÃO

Se tiver como objetivo evitar o cruzamento de espécies, deve proteger durante dois dias a flor feminina fecundada com um saco de papel a envolve-la. Se não estiver preocupado com cruzamento entre espécies, pode deixar a flor desprotegida. Pode também prender ao pedúnculo uma etiqueta com a data da fecundação.

Cerca de 10 dias da realização da polinização manual, já deve ser possível verificar o sucesso da fecundação e ter uma ideia do número de frutos que estão formados.

Crédito das imagens

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
Newsletter
Mais Recentes
Categorias