Logo Hortas Biológicas

Porque os Ouriços-cacheiros são bem-vindos na horta

Porque os Ouriços-cacheiros são bem-vindos na horta-Erinaceus europaeus
Os ouriços-cacheiros são muito uteis na nossa horta. Veja porquê e como pode criar condições para eles ficarem no seu espaço.
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Os ouriços-cacheiros fazem parte do imaginário infantil de muitos de nós. São facilmente reconhecidos pelo seu corpo coberto de espinhos que alguns consideram ameaçador. No entanto, são completamente inofensivos e de certo modo (fofinhos). Além disso, os ouriços-cacheiros são bem-vindos numa horta saudável.

A espécie mais comum em Portugal é a (Erinaceus europaeus). Têm o corpo coberto por cerca de 6000 espinhos longos e aguçados exceto na zona do ventre e do focinho que estão cobertas por pelo espesso. Os espinhos são usados como defesa. Perante as ameaças, o ouriço-cacheiro enrola-se sobre si próprio e forma uma bola, deixando expostas apenas as zonas cobertas de espinhos.

Durante o dia é muito difícil avistar os ouriços-cacheiros. São animas de hábitos crepusculares ou noturnos. É durante esses períodos que procura o alimento podendo percorrer mais de um Km deixando-se guiar pelo seu olfato bastante apurado.

Vantagens de ter ouriços-cacheiros na sua horta

Apesar de ser omnívoro, a sua base alimentar passa sobretudo por alguns escaravelhos, aranhas, vermes, caracóis, lesmas, ovos de aves que nidificam no solo, pequenas rãs e répteis. Também podem alimentar-se de bagas e frutos silvestres, sementes, alguns cogumelos, ervas e raízes.

É verdade que incluem na sua dieta alguns auxiliares da horta. No entanto, os benefícios que os ouriços-cacheiros trazem para o controle das pragas de caracóis e lesmas, justificam esse ponto negativo.

Como manter os ouriços-cacheiros na sua horta

Durante o dia, os ouriços-cacheiros refugiam-se em locais recônditos, como arbustos, folhas secas, pedras, ramos e troncos abandonados. Sendo assim, é importante que deixe na sua horta alguns espaços sem intervenção. Se existirem sebes, deixe-as as mais naturais que conseguir. O mesmo aplica-se aos arbustos. Não os pode sem necessidade nem em excesso. Um arbusto fechado é um bom lugar para refúgio.

É também importante que eles tenham acesso fácil a fontes de água limpa. Se na sua horta não existirem zonas onde eles possam beber, deve colocar em lugares discretos e com sombra alguns recipientes com água.

Normalmente não é preciso preocupar-se muito com a alimentação. Como já referimos, eles comem de quase tudo. Se necessários, afastam-se do seu território em busca de alimento, mas regressam novamente. Sabemos que algumas pessoas têm por hábito deixar-lhes alimento espalhado pela horta. Não recomendamos essa prática. Nunca precisamos de fazer isso nos nossos espaços. Os ouriços-cacheiros são animais selvagens. O seu instinto deve ser mantido e o animal deve continuar a procurar alimentos.

Contudo, se desejar deixar alimento para os ouriços-cacheiros, faço-o ocasionalmente calculando cerca de 80 a 100 calorias por dia. Pode ser alimento seco para gatos bebés (50g max.), pedaços de fruta, grilos, ovo cozido. Nunca dê produtos lácteos. São intolerantes à lactose.

Por fim, é importante criar condições para terem abrigos adequados. Os ouriços-cacheiros hibernam quando as temperaturas são mais baixas. Normalmente entre novembro e março eles refugiam-se em tocas, montes de folhas, troncos de árvores, no solo ou em rochas. Podemos ajudar muito se construirmos abrigos e os colocarmos em espaços mais isolados na horta.

Como construir um abrigo para ouriços-cacheiros

Existem à venda abrigos prontos para montar e abrigos já montados. No entanto, sem dúvida que é mais estimulante construirmos nós um abrigo. É muito fácil de fazer. Basta um pouco de criatividade. Inspire-se nos exemplos das imagens.

Seja qual for o seu modelo preferido, deve ter em conta alguns pontos importantes:

  • Evite usar madeira tratada.
  • O interior deve ser dividido criando como que um quarto interior. Essa divisão deve ser bem forrada com palha, feno ou folhas secas. Será um refúgio adequado para a sua hibernação e eles vão apreciar as folhas secas para começarem a fazer o ninho.
Detalhes do exterior e interior de um abrigo comercial
  • Opte por contruir um abrigo com a possibilidade de remover a cobertura. Assim, vai conseguir limpar o interior e preparar tudo para a próxima hibernação.
  • É aconselhável fazer um abrigo com chão e coloca-lo acima do solo para evitar a entrada de água no caso de chuva intensa.
  • Escolha um local calmo e abrigado do vento e da luz solar direta. O ideal será por baixo de arbustos perenes, árvores ou por baixo de um alpendre. A entrada deve ser posicionada de modo a que o vento e a chuva não entrem.
  • Depois de colocar o abrigo num local adequado, pode cobri-lo com folhas e galhos. Estes materiais acrescentam uma camada externa de proteção e camuflam contra animais curiosos.
  • Tente deixar sempre que possível, água fresca próximo do abrigo.
  • Evite ao máximo perturbar o local.
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros
abrigo ouriços-cacheiros

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
Newsletter
Mais Recentes
Categorias

Ervas Aromáticas

LER