Capuchinha / Chagas

A capuchinha, é uma planta de fácil cultivo e que pode ser usada na horta como planta companheira e como poderoso auxiliar na luta biológica. Saiba como.
Capuchinha Chagas
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

A Capuchinha também conhecida popularmente como chagas, é uma planta de ciclo anual.
As suas flores são aromáticas e com colorações que podem variar entre o amarelo, laranja ou avermelhado. Surgem cerca de oito semanas depois da germinação.
Reproduz-se por meio de sementes, ou se preferir pode optar pela divisão de touceiras.
A melhor época para isso é no início da Primavera.

É de fácil cultivo pois não é muito exigente quanto ao solo.
Também não exige muitos cuidados. Gosta de Sol e meia sombra.
As regas devem ser feitas de modo espaçado.
O solo deve manter-se húmido, mas nunca encharcado. Se houver excesso de humidade, pode criar-se um ambiente propicio para a proliferação de fungos e para o aparecimento de lesmas ou outros gastrópodes.
Deve-se arrancar as folhas que estiverem murchas. Isso vai fomentar novas florações na planta.

Benefícios na horta

Na horta, as capuchinhas podem ser usadas como “plantas companheiras”, para a plantas como beterraba, brócolos, couve-de-bruxelas, repolho, couve-flor, pepino, couve, couve-rábano, abóboras, rabanete, abóbora, tomate e batata.

Podem também ser usadas na luta biológica como plantas “sacrificiais”.
Ao atraírem para si os parasitas como os afídios e a mosca-branca, evitam que eles vão para outras plantas. É o caso das favas e dos brócolos. Os afídios vão ser atraídos para as flores da capuchinha.
É certo que quando a planta estiver atacada, vai perder muita da sua beleza. Mas podemos cortar as partes da planta atacadas e destrui-las.
Também ajuda a proteger as abóboras dos escaravelhos.

Comestível

Sim

Uso medicinal

Sim

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
Newsletter
Mais Recentes
Categorias