Logo Hortas Biológicas

Como cultivar Acelgas

Cultivar Acelgas
Conheça todo o que deve ter em conta para cultivar Acelgas com sucesso.
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Para cultivar acelgas com sucesso, deve-se dar primariamente atenção ao solo.
Deve ser profundo e rico em matéria orgânica e em nitrogénio. Ao mesmo tempo, deve ter uma boa capacidade de drenagem para não ficar saturado de água. Em relação ao pH a acelga tolera bem solos com pH entre 5,5 e 8, mas não tolera bem os solos muito ácidos.

A melhor época para plantar é na Primavera ou no Outono.
Visto ser uma planta de clima ameno, aprecia temperaturas entre 16°C e 18°C embora também possa ser cultivada em climas mais frios pois é capaz de resistir a baixas temperaturas e geadas leves. Além disso, gosta de boa exposição ao sol embora tolere sombra parcial.

A sementeira pode ser feita em local definitivo ou em bandejas.
Para acelerar o processo de germinação recomenda-se deixar as sementes num recipiente com água por 24 a 48 horas.

Em local definitivo deve-se colocar as sementes a cerca de 2,5 cm de profundidade.
Colocar 2 a 3 sementes por cova e distanciadas cerca de 30 a 35 centímetros.
A distância ideal entre linhas ou sulcos situa-se entre os 40 e os 45 cm.
Quando as plantinhas tiverem alcançado 10 a 15 cm de altura, faz-se o desbaste, deixando apenas uma planta por cova.

Na sementeira em bandeja, o transplante das mudas deve ser feito quando atingirem aproximadamente os 5 cm de altura.

A acelga também pode ser cultivada em vasos.
Contudo, uma vez que gosta de solos profundos, os vasos devem ter pelo menos uma capacidade de 25 litros.

Rega

É uma planta que necessita de muita umidade, especialmente quando é jovem.
Regar de forma a manter o solo sempre húmido, sem que permaneça encharcado. 
Dependendo do calor, a frequência de rega deve ser 2 a 3 vezes por semana com bastante água em cada irrigação.
Se estiver muito calor, faça uma rega mais frequente mas com menos quantidade de água.
Se a planta tiver falta de água no Verão, isso vai originar a que as folhas sejam amargas.
No cultivo em vaso deve-se regar mais frequentemente pois desidratam-se mais rapidamente, sobretudo no Verão.

Cuidados

O cultivo da acelga geralmente requer poucos cuidados. É uma planta bastante resistente.

– Necessita de boa luminosidade para crescer bem, com pelo menos algumas horas de luz solar direta diariamente. Em regiões quentes pode ser cultivada em sombra parcial.
– Se notar que a planta não está desenvolver-se de modo satisfatório, proceda a uma adubação extra para suprir mais nutrientes para a planta.
– Deve-se remover todas as ervas daninhas que aparecerem na base da planta especialmente nas fases iniciais de crescimento.
– Deve-se cortar qualquer folha que comece aficar a amarela ou tiver qualquer problema. Isso vai impedir que passe para outras folhas. Isto pode acontecer devido à falta de nutrientes, ou a presença de pulgões, que enfraquecem a planta.
– Devido à necessidade de humidade constante, as acelgas podem ser um paraíso para as lesmas e os caracóis.
– A humidade constante pode também originar podridão nos caules e folhas, bem como ataques de ferrugem e outros fungos.
– Além das lesmas e dos caracóis, as acelgas também são vítimas do minador e da aranha vermelha.

Consociação

A acelga cresce bem com quase todos os vegetais mas os mais favoráveis são o feijão rasteiro, cenoura, nabos, rabanetes e cebola.

Colheita

O período de colheita situa-se entre junho e outubro e pode ser feita em etapas começando a colher as primeiras folhas 60 a 80 dias após o plantio

Normalmente são colhidas apenas as folhas externas que estão bem desenvolvidas, embora as folhas jovens também possam ser colhidas para serem usadas em saladas. Dependendo das condições de cultivo, a colheita pode continuar por alguns meses.

A colheita das folhas faz-se apenas no primeiro ano desde o plantio, pois no segundo ano da cultura, a planta entra no ciclo reprodutivo, produzindo a inflorescência e desenvolvendo folhas duras e amargas.

A colheita parcial estimula o crescimento das plantas pois ajuda a que as folhas novas saiam com mais vigor.

Partilhe este artigo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
Newsletter
Mais Recentes
Categorias

Ervas Aromáticas

LER