Logo Hortas Biológicas

ALECRIM

Escaravelho

 

É uma planta perene de folha resinosa, com um aroma fortemente aromático, quente e apimentado.
É utilizada como Aromática, Medicinal e Condimentar.

Partes utilizadas – Ramos e folhas.

Para a cultivar, não são necessários cuidados especiais.
Gosta de boa exposição solar e é muito pouco exigente em matéria orgânica.
Precisa de pouca água para sobreviver.
As regas devem ser escassas, sem encharcamento e, para garantir a sua floração, recomenda-se abrigar a planta contra ventos fortes.
Entre o alecrim podem ser cultivadas outras plantas de menor tamanho, com as mesmas condições de rega.

Na horta: Atua como repelente de insetos indesejados e pode ajudar a manter os gatos afastados de locais em que a presença deles seja indesejável - os gatos não gostam do cheiro.

Usos Culinários
Excelente para condimentar carne de borrego ou prepara marinadas para carne de porco, coelho e frango.
Serve também para aromatizar patés, salsichas e enchidos de carne.
Pode ainda ser usado para aromatizar a água de cozedura de batatas, massas, e arroz ou temperar e rechear peixe, sopas e guisados e aromatizar azeites e vinagres.
Confere um gosto intenso a bolachas, geleias, saladas e queijos.

Usos Medicinais
A tradição diz que pode ser utilizado em problemas de anorexia, falta de memória, digestões lentas, flatulência e também como ativador da circulação e anti-inflamatório.
Além disso, é eficaz no tratamento do enjoo e pequenas cólicas intestinais.
Tem propriedades estimulantes, desinfetantes e antioxidantes.
Também auxilia a fazer a digestão das gorduras.
Utilizado para fazer óleos a quente para o tratamento da artrite.

Cuidados
O chá de alecrim deve ser consumido com alguns cuidados.
No máximo 2 chávenas por dia, pois em doses elevadas, pode provocar irritações gastrointestinais e irritações na pele.
Está contraindicado para crianças e mulheres grávidas ou em período de amamentação.
Também não pode ser tomado por diabéticos, hipertensos, ou por quem sofra de hipertrofia na próstata.

 

DESTAQUES

FRAMBOESAS
CONSOCIAÇÃO DE PLANTAS
INSETOS AUXILIARES